Declaração de amor… à vida

És única! Na verdade
sempre o soube,
desde o começo.
Por tua bondade
quanto me coube…
e eu… agradeço.

Como Homem
poderia, insatisfeito,
esperar por mais,
mas trataste-me bem,
tudo quase perfeito…
foram tantos os sinais!

Coração em sobressalto,
é de joelhos no chão,
mas de cabeça erguida
que grito bem alto
esta declaração
de amor… à vida.


Mais um poema escrito em 2006.

O título original era só “Declaração de amor”, mas assim ajuda a perceber numa primeira leitura.

Imagem do blogue: http://carpiedienmilitantes.blogspot.com

Poderás também gostar de ler estas Infantilidades:

ou ir para o início.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: